“Um Filho menos um dente”

     Já é conhecida a importância do pré-natal na área médica, valorizando a gestação quanto aos cuidados da mãe e do bebê. Da mesma maneira, na Odontologia, a abordagem da criança a partir da gestação se tornou incontestável e aumentam as chances do bebê ter saúde bucal.      Este cuidado possibilita que a grávida tenha uma microbiota compatível com saúde, diminuindo as chances de transmissão vertical de microrganimos patogênicos da mãe para a criança. A maior dificuldade do pré-natal odontológico advém das crenças negativas que decorrem da associação entre gravidez e visita ao cirurgião-dentista, sendo a principal causa o medo de que o tratamento odontológico possa ser perigoso ou prejudicial ao feto. Isto não é verdade, e é exatamente por estar grávida que a mulher precisa dos cuidados do dentista.

  O acompanhamento odontológico da gestante tem como objetivo manter ou resgatar sua saúde bucal, além de fornecer informações a respeito da saúde e desenvolvimento do seu bebê.

Que mudanças ocorrem na boca da mulher que espera um bebê?

    A grávida fica com o organismo mais vulnerável de uma maneira geral devido às alterações hormonais, e não é diferente em relação à saúde da boca. O aumento da produção de alguns hormônios pode facilitar inflamações da gengiva, principalmente quando a mulher já tem uma tendência a ter o problema. Sangramentos e infecções também costumam acometer a gengiva da gestante pela mesma razão. Quanto aos dentes, caso eles se tornarem mais fracos ou ficarem careados, provavelmente será porque a futura mamãe anda mais interessada no enxoval e na decoração do quartinho do que na higiene oral. “O mito de que a cada gestação se perde um dente não é real. No entanto, não é raro a gestante ficar focada apenas nas questões que dizem respeito à gravidez, preocupando-se menos com os cuidados diários da saúde bucal”.

Mas os dentes não ficam mais fracos porque o cálcio deles é usado na formação óssea do bebê?

 Eis aqui mais uma grande fantasia popular. “No entanto, uma alimentação balanceada é necessária para manter o mineral em quantidades ideais para a gestante e o bebê”.

 Para garantir a saúde da mamãe e do bebê, é imprescindível consumir alguns nutrientes,tais como:  Ácido fólico, Cálcio, Vitamina D, Ferro, Vitamina C, Líquidos, Fibras e etc.

Existe algum tratamento odontológico específico para gestantes?

  Tecnicamente, o atendimento odontológico à grávida é muito semelhante ao realizado em qualquer outro paciente. “O ideal é fazer o acompanhamento dentário e os tratamentos necessários antes de tentar a gravidez, mas, se durante a gestação for necessário ir ao dentista, não há problema”. Porém, é fundamental informar o dentista do seu estado atual, caso a barriguinha ainda não esteja evidente, para que ele possa tomar as devidas precauções.

 

Quais os principais cuidados com a boca que a gestante deve tomar?

  Zelo redobrado na escovação, no uso diário de fio dental e no bochecho com solução fluoretada. É imprescindível se valer do fio dental para não facilitar o sangramento. O fio vai aonde a escova não entra e promove uma limpeza maior. A atenção especial à higiene é importante para evitar a gengivite gravídica, como é chamada a inflamação típica dessa fase. Se houver necessidade de tratamento odontológico, o melhor é procurar um profissional o mais cedo possível para evitar complicações. Fique atenta a eventuais sangramentos, que são sinais de que há alguma anormalidade.

  A grávida que usa aparelho ortodôntico precisa ter algum cuidado especial com a boca?

  Os aparelhos para corrigir a posição dos dentes facilitam o acúmulo de resíduos de comida, o que favorece o surgimento de bactérias que causam cáries e doenças da gengiva. “Por isso, qualquer paciente em tratamento ortodôntico, não só a gestante, necessita de maior acompanhamento por parte do dentista”. E quem usa aparelho dentário deve dedicar especial atenção à higiene bucal.

gt

 

Esta entrada foi publicada em Sem categoria e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>