Aftas. O que fazer com elas?

O que são aftas?

image

Aftas (ou estomatite aftosa) são áreas de pequenas ulcerações da mucosa da cavidade da boca que acontecem por um rompimento do seu epitélio e exposição do tecido conjuntivo.

As aftas são erosões dolorosas, com fundo claro-amarelado e circundado por uma aréola avermelhada. Elas geralmente desaparecem em um intervalo de sete a quatorze dias sem deixar sequelas podendo, em alguns casos, durar mais tempo. Afetam a parte interior dos lábios e das bochechas, a língua e, mais raramente, a garganta. Variam em número e intensidade, mas costumam aparecer reunidas em pequenos grupos, o que faz com que as áreas afetadas sejam mais delimitadas. Podem raramente estar generalizadas.

Quais são as causas das aftas?

Não se sabe bem o que causa as aftas. Elas podem ser uma manifestação de diversas doenças, sobretudo imunológicas. Certos alimentos, frutas ácidas ou temperos picantes podem funcionar como indutores da formação de aftas. Outros fatores que podem causar ou contribuir para a eclosão delas são:

Traumatismos ou mordeduras nos lábios ou bochechas.
Uso de aparelhos de ortodontia.
Algumas doenças sistêmicas.
Imunopatias.
Deficiências nutricionais.
Alergias.
Estresse.
Reações a determinados tipos de medicamentos.
As aftas não são um processo infeccioso e, portanto, não são transmissíveis de uma pessoa a outra.

Quais são os sinais e sintomas das aftas?

Os sintomas das aftas são benignos, embora muito incomodativos. As lesões ocasionam reações inflamatórias leves ou moderadas, associadas à ardência e à dor e levam a dificuldades na alimentação. Em alguns casos mais raros podem ser acompanhadas de febre baixa e crescimento ganglionar localizado.

Como o dentista diagnostica as aftas?

O diagnóstico é feito pelo aspecto das lesões e os sintomas clínicos. As lesões são circulares ou ovais, como pequenas crateras, com fundo esbranquiçado ou amarelado e vermelhidão ao redor.

O aparecimento de qualquer lesão na boca, principalmente aquelas que não cicatrizam por um tempo prolongado, deve sempre ser avaliado por um cirurgião dentista.

Como é o tratamento das aftas?

O tratamento das aftas visa aliviar os sintomas, prevenir o aparecimento de novas lesões e diminuir a gravidade do surto. Antissépticos, anti-inflamatórios, anestésicos e protetores de mucosa são alguns dos medicamentos usados.

O raio laser é o melhor método utilizado para amenizar a dor de forma imediata. Ele é aplicado em consultórios e não apresenta contraindicações.

Como minorar o efeito das aftas?

Manter uma higiene bucal adequada (não agressiva).
Manter uma alimentação suave, fria ou morna. Alimentos quentes geram dor.
Evitar lesões na mucosa da boca. Por exemplo, não morder os lábios ou bochechas, pois elas podem dar origem a aftas.
Fazer terapia com laser.
Usar analgésicos, como a xilocaína viscosa ou algum medicamento tópico.
Enxaguar a boca com uma colher de água oxigenada a 10% diluída em um copo de água.
Consultar o dentista para que este possa investigar a etiologia do problema.

Como evoluem as aftas?

A maioria das aftas desaparece espontaneamente, ou após algum tratamento, sem deixar sequelas. Algumas aftas mais sérias podem deixar uma mancha sobre a mucosa, que desaparece com o tempo. De qualquer forma, é impossível evitar-se o aparecimento de novas aftas. Os episódios recorrentes e muito frequentes exigem uma investigação clínica.
(abc.med.br)

Esta entrada foi publicada em Dicas e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>